Tuesday, 31 July 2012

Novo recorde do desemprego europeu. Uma revisão fundamental em 31/07/2012




Abra hoje mesmo a sua conta com a RoboForex. É muito simples!



Novo recorde do desemprego na Europa


Como mostra as estatísticas recentes, a crise na zona do euro e não acho nem se quer pensa em recuar, e isso apesar de todas as afirmações por parte de políticos de combatê-la com mais veemência. De acordo com o relatório do Eurostat, a taxa de desemprego na zona do euro é novamente recorde absoluto, atingindo 11,2%. Além disso, os dados anteriores foram revistos com quedas, o que vai colocar mais pressão sobre o euro. Além de que os empregadores não contratam novos funcionários, e pela Europa vai seguindo a onda de cortes nas maiores empresas, como Peugeot Citroen e Alcatel-Lucent.

E a crise vai se tornando ainda maior na Itália. Ali o desemprego atingiu o máximo de 13 anos, chegando a 10,8% em junho. A taxa de desemprego entre os jovens é de 34,3%. Uma série de reformas que foram destinadas a melhorar de alguma forma a situação no mercado de trabalho ainda são muito difíceis, principalmente por causa dos protestos dos sindicatos. O aumento de impostos se transformou na queda da produção industrial no segundo trimestre em 1,7%. Em geral, ainda está longe de acabar a recessão na Itália.

O que podemos dizer sobre os países em dificuldades, se até mesmo na Alemanha já se observa certos problemas com o desemprego. Em geral o indicador aqui se encontra nos mínimos das décadas e é de 5,6%. No entanto, desde abril vem aumentando o número de desempregados. O índice de disposição empresarial caiu para o mínimo de dois anos, refletindo o declínio da produção industrial e dos serviços. O forte da economia alemã é agora o consumo interno, sendo que na realidade tudo agora depende dele.

No entanto, apesar do crescimento dos salários e desemprego relativamente baixo, os consumidores alemães estão começando a poupar. As vendas no varejo diminuem já por três meses consecutivos, o que mostra claramente que as pessoas estão começando a poupar para os "dias tenebrosos". E aqui se apresenta um pouco estranho o Bundesbank, que elevou sua previsão de crescimento para a economia do país de 0,6% para 1%, se baseando justamente no mercado interno. É improvável que a economia alemã mostre um aumento desses numa situação de recessão geral na zona do euro, que para o quarto trimestre só tende a piorar.

Também  o par EUR/USD está sob pressão das negociações em curso em Atenas para reduzir ainda mais os gastos. Políticos gregos não perdem a esperança de convencer os credores acerca da necessidade de conceder um prazo de dois anos para colocar o déficit em conformidade com o Europeu padrão de 3%, o que provoca em Bruxelas, no mínimo, surpresa, já que os alemães rejeitaram reiteradamente a possibilidade de qualquer tipo de concessões. Se até final de setembro os gregos não receberem a próxima parcela, o país corre o risco de falir.

Новый рекорд европейской безработицы. Фундаментальный обзор на 31.07.2012

 Claramente que a situação atual não favorece o euro. A moeda única se segura da queda à espera da reunião do Fed e do BCE, que acontecerá na quarta-feira e quinta-feira, respectivamente. Se o Fed decidir não ir para a terceira rodada da flexibilização quantitativa, então a principal razão para o enfraquecimento do dólar terá desaparecido. Se a declaração de Mario Draghi sobre "a vontade de fazer de tudo para salvar o euro" ficar somente nas palavras e na quinta-feira não for tomada nenhuma decisão, o par EUR/USD pode perder mais de cem pontos em uma onda de desilusão geral.
Departamento de Análise da RoboForex



RoboForex, Nova Zelândia


Endereço: Level 10, 21 Queen Street, Auckland, 1010, New Zealand
Tel: +64 9 889 4060
E-mail:  info@roboforex.com
E-mail affiliate:  sales@roboforex.com
 Skype: roboforex.com
 Skype affiliate: roboforex.affiliate
 Yahoo Clients: roboforex_com
 Yahoo Affiliates: roboforex.affiliate

No comments:

Post a Comment

Portal dos Negócios Rússia x Brasil